Letras

  • Fera
  • Silêncio
  • Pedestal
  • Canção de Embalar
  • Tentar ou Desistir

Fizeste de mim uma fera
Eu estive mesmo, mesmo à beira
De ir a Sintra subir toda aquela serra
Para ecoar meu grito em Inglaterra

Fizeste de mim uma fera
Sonhei contigo por inteira
É agora ao recordar
Que faço a minha cova na terra

Fizeste de mim uma fera
Não sabes ainda o que te espera
Eu tenho mesmo é de acabar
Com este meu grito de guerra
2x

Eu estive mesmo, mesmo à beira
De ecoar meu grito em Inglaterra

(Fizeste de mim uma fera
Eu estive mesmo, mesmo à beira
De ir a Sintra subir toda aquela serra)

Para ecoar meu grito em Inglaterra
4x

Fizeste de mim uma fera
Não sabes ainda o que te espera
Eu tenho mesmo é de acabar
Com este meu grito de guerra
4x

Fizeste de mim uma fera 3x
Ecoei meu grito em Inglaterra

Descobri ao sarar
De uma ferida dificil de curar
Que me estive a afundar
Na tua forma tão fácil de amar

Eras fácil de amar

A minha dor
Ei de sempre detestar
Mas ao senti-la
Acabei por lá chegar
Depois de tanto me afundar
Tivémos de acabar

Depois de tanto eu sorrir
Descobri ao sair
Que já estavas a partir
Com outro amor foste dormir

Não foste dormir

A minha dor
Ei de sempre detestar
Mas ao senti-la
Acabei por lá chegar
Depois de tanto me afundar
Tivémos de acabar

Parte de ti morreu aí 4x
Faço um silêncio por ti 4x

Quiz tirar-te o pedestal
Mas a queda era alta
Não me quiz fazer mal
Vais-me fazer falta

Não percebo a ironia
Quiz mas sem querer
Por ti esperei todo o dia
Não vou esperar por morrer

Mas porquê tão odiado
Teu apetite realizado
Fui mais um peixe à refeição
Com uma espinha no
Coração

Esta sopa já está fria
Combina com o teu coração
Por ti esperei todo o dia
Foi sempre em vão

Mas porquê tão odiado
Teu apetite realizado
Fui mais um peixe à refeição
Com uma espinha no
Coração

Mas que grande cobardia
Porque era tão mau de amar
Por ti esperei todo o dia
Tinha de acabar

Mas porquê tão odiado
Teu apetite realizado
Fui mais um peixe à refeição
Com uma espinha no
Coração

Nesta canção de embalar
Não é para ti que vou cantar

Esta não é 'o navio de cristal'
Que te cantei de Portugal

Eu estarei noutro lugar
A procurar quem encantar
E a encontrar
Quem eu desejar

No navio de cristal
Que encontrei na capital

Eu estarei nesse lugar
A encontrar quem encantar
E a conquistar
Quem eu desejar

Nesta canção de embalar

Cantei para quem eu procurei
Cantei para quem eu encontrei
Cantei para quem eu encantei
Cantei para quem eu conquistei

Nesta canção de embalar

Canto para quem estou a namorar
3x

Canto para quem… quero embalar

Tu não sabes
O quanto eu refleti
Por estares distante
Esperei decidir

Tentar ou desistir

Esperei, alcancei, decidi
Eu vou arriscar sair

Arriscar sair mas
para junto de ti

Melhorar as circunstâncias
Encurtar nossas distâncias
Apagar nossas discrepâncias
E abraçar nossas semelhanças

Eu não sei
O quanto tu refletiste
Ao estar distante
Agora tentas tu

Tentas tu sair mas
para o encontro de mim

Melhorar nossas circunstâncias
Encher-nos de caricias
Apagar nossas carências
Melhorar nossas valências

Sorrir de tentar
Conseguir apagar
Nossas desistências

Este website utiliza cookies que permitem melhorar o desempenho e a experiência do utilizador sem recolher dados que o identifiquem. Continuando a navegar estará a aceitar estas cookies.
ContinuarSaber maisLembrar mais tarde